Rui Costa promete ingressar no STF para obrigar Ministério da Saúde a enviar vacinas em déficit

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

 

O governador Rui Costa (PT) afirmou durante entrevista para rádio Metrópole na manhã desta quarta-feira (18) que pretende entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para obrigar o Ministério da Saúde a reequilibrar a distribuição de vacinas contra a Covid-19.

Um levantamento da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no último dia 10 de agosto, apontou uma defasagem de pelo menos 860 mil doses de vacina contra a Covid-19 por conta do modelo de distribuição adotado pelo governo federal, que leva em conta a distribuição por grupos prioritários ao invés da população dos estados.

“Vamos ingressar no STF solicitando que a Justiça faça o Ministério da Saúde corrigir essa perseguição contra os baianos. Nós recebemos 900 mil doses a menos de vacina, porque o correto, o padrão do SUS, é dividir conforme a população de cada cidade e cada estado e o próprio ministério reconhece que a Bahia recebeu 900 mil doses a menos. Portanto, já enviamos várias correspondências cobrando e eu pedi à PGE que prepare uma ação no STF no sentido que obrigue o Ministério da Saúde a cessar com essa discriminação”, afirmou.

As informações são do A tarde

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.