Construção civil apresenta melhora com aumento da confiança do empresário

                                                                                 Foto: Reprodução

 

Com a retomada da economia, mesmo que de maneira gradativa, alguns setores estão se destacando e apresentando números promissores já em 2020. O setor da construção civil, com destaque para a venda de matérias de construção, deve ser um dos que mais vai prosperar nesse período pós-pandemia. De acordo com projeções da Fecomércio-BA, as vendas no varejo no mês de novembro, período quando ocorre a Black Friday, devem crescer 0,7% no contraponto anual.

Carlos Marden, presidente do Sindicato da Indústria da Construção da Bahia – Sinduscon-Ba, explicou que “nos últimos meses, o empresariado da construção tem manifestado uma nova confiança no mercado. Os dois componentes do indicador de confiança – o Índice de Situação Atual e o Índice de Expectativas já superaram muito o patamar que se encontravam em fevereiro, o que significa que a confiança setorial se recuperou impulsionada pela percepção mais favorável, tanto em relação ao ambiente de negócios em curso, quanto na percepção de continuidade do crescimento dos negócios atualmente antevista para o próximo ano”, disse.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 1,71% em outubro e ficou 0,27 ponto percentual acima da taxa de setembro, quando registrou 1,44%. O resultado é a maior elevação do ano. De janeiro a outubro, o índice acumula aumento de 6,13% e nos últimos 12 meses a alta chega a 6,48%.

Os acumulados no ano atingiram 9,97% em materiais e 1,89% em mão de obra. Em 12 meses os acumulados foram de 10,01% nos materiais e de 2,55% na mão de obra. De acordo com o IBGE, o crescimento de 3,17% da parcela de materiais influenciou a alta dos custos, com aumento generalizado em diversos produtos, acelerando as elevações já registradas em julho (0,48%), agosto (1,60%) e setembro (2,55%). As informações são do jornal A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.