“Vergonha para o Brasil”, diz Rui Costa sobre discurso de Bolsonaro na ONU

Foto: Reprodução

 

 

O governador Rui Costa (PT) lamentou o discurso do presidente Jair Bolsonaro exibido nesta terça-feira, 22, na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), e classificou o pronunciamento como “uma vergonha” para o país.

“Sobre o discurso do presidente hoje na Organização das Nações Unidas (ONU): lamentável, vergonha para o Brasil!”, escreveu o petista, no Twitter.

Em sua fala, Bolsonaro afirmou que o Brasil é vítima de uma campanha “brutal” de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal. “A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima, isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil”, disse o presidente, no vídeo gravado.

O chefe do Palácio do Planalto afirmou também que, por ser úmida, a floresta amazônica só pega fogo nas bordas e que os responsáveis pelos incêndios seriam índios e caboclos.

Ao falar sobre a pandemia do novo coronavírus, o presidente disse que as orientações para as pessoas ficarem em casa na quase levaram o país ao “caos social”. Ainda sobre o Brasil, Bolsonaro afirmou se tratar de um país cristão e conservador e defendeu o combate à “cristofobia”.

Já o senador Jaques Wagner (PT-BA) classificou o discurso feito pelo presidente Jair Bolsonaro como “idiotices’. Por meio do Twitter, o petista comentou a fala do chefe do Executivo nacional. “Prefiro não perder tempo com as idiotices de um presidente que não respeita seu povo e mente descaradamente na #ONU, na sua velha tática de falar asneiras para distrair a plateia. Ele só se importa em tentar ser o cabo eleitoral nº 1 do presidente americano. Lamentável!”, postou Wagner no microblog.

As informações são do A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.