STF forma maioria contra retirada de Weintraub de inquérito das fake news

Foto: Reprodução

 

 

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votaram, nesta segunda-feira, 15, pela rejeição do habeas corpus apresentado pelo ministro da Justiça, André Mendonça, que tenta tirar do inquérito das fake news o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Votaram contra a retirada os ministros Rosa Weber, Celso de Mello, Dias Toffoli e Gilmar Mendes. A Corte formou maioria, uma vez que Cármen Lúcia e Edson Fachin, relator do habeas corpus, também votaram pela rejeição. O julgamento continua no plenário virtual do Supremo e ainda não está concluído.

Weintraub é investigado por ter dito, na reunião ministerial de 22 de abril, que, por ele, “botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”. As informações são do A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.