Reforma tributária vai começar “por área de consenso”, diz Paulo Guedes

                                                                                    Foto: Edu Andrade

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ao Poder360 que a proposta do governo para reforma tributária começará pela “área em que há consenso”.

“Vamos dar 1 passo em busca do entendimento, da harmonia e cooperação. Vamos explorar a área em que há consenso”, disse Guedes.

Isso significa que a ideia de propor 1 microimposto digital, que incidiria sobre transações on-line, ficará para outro momento, quando evoluir o debate sobre o novo sistema de impostos no país.

Nos próximos dias, a proposta do governo para reforma tributária será enviada para o grupo de congressistas que trata do assunto, sob liderança do senador Roberto Rocha (PSDB-MA) e do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Nesta primeira fase, Paulo Guedes deseja tratar do que chama “IVA dual”. Trata-se de uma proposta de criar 1 imposto sobre valor agregado em duas fases. Primeiro, com os impostos federais que seriam aglutinados em 1 só. Depois, na medida em que Estados desejassem aderir, com as tributações estaduais. Daí o nome “IVA dual”, pois virá em duas fases.

O principal fato neste momento, entretanto, é que finalmente houve uma retomada na relação entre Paulo Guedes e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os 2 almoçaram ontem na cada do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que tem atuado para melhorar o clima político entre Planalto e Congresso.

Guedes e Maia não se falavam há mais de 2 meses. Agora, há 1 sinal de pacificação, o que pode ajudar no ritmo da tramitação das propostas de reformas no Congresso. As informações são do site Poder 360.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.