Por que Salvador é a pior capital para Bolsonaro? Rui e Neto, claro

                                                                                    Foto: Sérgio Lima

 

O Ibope colocou Salvador como campeã nacional da rejeição a Bolsonaro. Por quê? Talvez falta de apoio.

É evidente que só uma pesquisa mais direcionada poderia explicar os motivos, mas, a rigor, a base institucionalizada de Bolsonaro na Bahia se resume aos deputados estaduais Capitão Alden e Talita Oliveira, ambos do PSL. No mais, o DEM de ACM Neto tem um pezinho no governo, mas por cá é discreto; idem, idem o PSD de Otto Alencar e o PP de João Leão. Nas duas bandas prevalecem a força dos baianos, Neto e Rui.

Óbvio que isso pode mudar até 2022. A dupla baiana se consagrou como exemplos nacionais para os seus campos. Isso os credencia a tentar voos federais? Fala-se muito, e isso é possível.

Mapa da mina — Também é possível que os ventos mudem para Bolsonaro. Ele já descobriu que distribuir dinheiro compra simpatias, cresceu na pandemia, apesar de debochar da Covid, com o auxílio emergencial. E por isso bota todo gás para criar o Renda Brasil, uma versão rebatizada e ampliada do Bolsa Família, pulando o quantitativo.

Segundo o site Transparência Brasil, dos R$ 23,95 bilhões que a Bahia recebeu do governo federal na pandemia, R$ 3,93 bilhões foram para o município e R$ 3,26 bilhões, ou três bilhões e 260 milhões, foram dados na forma de auxílio emergencial.

Claro que uma dinheirama dessa muda humores.

Campanha para em LEM

O assassinato de Alexandre Vieira, secretário de Cultura de Luís Eduardo Magalhães, parou o município no fim de semana.

O prefeito Oziel Oliveira (PSD) suspendeu a campanha e decretou luto por três dias, e os adversários dele, Júnior Maraba (DEM) e Comandante Rangel (PL), se encolheram.

A polícia nada falou ainda sobre causas e motivos, no falatório apontam várias supostas causas, ainda mais no meio de uma guerra política.

Deputados na berlinda

Até ontem a Assembleia Legislativa não tinha sido comunicada oficialmente pela Justiça da cassação de dois deputados, o Pastor Tom (PSL), em julho, e Targino Machado (DEM), na semana antepassada.

Na Assembleia, dizem que o deputado Marcell Moraes (PSDB), também com pendenga na Justiça Eleitoral, acusado de usar a causa animal em campanha atropelando protocolos, é outro na berlinda.

Alba vai voltar em novembro

Nelson Leal (PP), presidente da Assembleia, está concluindo os estudos para a volta das sessões presenciais na casa, obviamente seguindo todos os protocolos que a pandemia exige.

– Ainda não temos a data, mas, na pior das hipóteses, na primeira quinzena de novembro voltaremos.

Entre os deputados, a surpresa do fim de semana foi o internamento do colega Roberto Carlos (PDT), por conta de Covid.

Rogério e Genival acirram disputa  em Santo Antônio

A disputa política em Santo Antônio de Jesus, o enclave comercial na BR-101 no sul do Recôncavo, acirrou-se no fim de semana, a ponto de virar caso de polícia, com fato forjado ou não, entre o prefeito Rogério Andrade (PSD) e o empresário Genival Deolino (PSDB).

Rogério começou a campanha batendo forte em Genival, a quem elegeu como principal adversário entre cinco outros concorrentes (Lia Barroso – SD, Christian Ferraz – PP, Everaldo Júnior – PDT e Edy – Patriota), a disputa acirrou-se.

No fim de semana Rogério procurou a polícia e deu queixa dizendo-se perseguido por carro plotado por Genival. Nas filmagens, é Rogério quem aborda os veículos. Que por acaso conduzia duas pessoas com dificuldades de locomoção.

REGISTROS

Na BA-001

O trecho da BA-001 entre Valença e Camamu, 72 quilômetros com áreas que mais parecem crateras lunares, já está com as obras de recuperação no gatilho. Segundo o secretário Marcus Cavalcanti (Infraestrura), até o fim do mês sai.

Atrás da Fiol

A Associação Bahiana de Empresas de Base Florestal (Abaf) mandou carta ao Tribunal de Contas da União (TCU) pedindo que libere o trecho da Fiol entre Ilhéus e Caetité.  A Abaf faz coro com todo o empresariado baiano, principalmente o do agronegócio. O ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura) diz que só aguarda isso.

Brust e o PDT

Aos 82 anos, amigo de Leonel Brizola a vida inteira e fundador do PDT 40 anos atrás, Alexandre Brust, que já foi quase tudo no partido, agora é presidente de honra, homenagem do deputado Félix Mendonça Jr., o presidente.

Buscando saídas

A Salvador Bahia Airport, empresa que administra o aeroporto de Salvador, realiza amanhã (11h) pelo YouTube a live Segurança ao voar durante a pandemia, no seu terceiro Aerotalks. A ideia é discutir a saída para o sufoco provocado pela Covid. As informações são do jornal A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.