Petrobras será privatizada, em possível split de 4 empresas, diz Doria, se eleito

O governador de São Paulo, João Doria, fala à imprensa, após encontro com o presidente em exercício  , General Hamilton Mourão

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse neste domingo, 30, não ser um “especialista” em Petrobras, mas, caso seja, eleito presidente da República, colocará a petroleira para ser privatizada.

“No nosso governo, nós vamos colocar a Petrobras para ser privatizada para que a companhia possa se tornar mais competitiva, em um possível split de 3 ou 4 empresas”, afirmou Doria, durante live promovida pelo grupo Parlatório com empresários, economistas e a participação dos ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Michel Temer (MDB).

Doria esclareceu que a modelagem da privatização terá um processo longo. “Não é uma proposta populista”, garantiu o governador, destacando que haverá a criação de um fundo de compensação para que os novos proprietários da empresa contribuam, todos os meses, para momentos em que houver pressão de aumento do combustível.

Com informações do Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.