“Entre Lula e Bolsonaro, acredito que Lula seja melhor”, diz FHC

Foto: Reprodução

 

 

O ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, afirmou que diante de um Brasil polarizado entre o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o líder petista “é menos traumática para o Brasil”.

“Isso não quer dizer que eu não queira uma via pelo PSDB, claro que eu desejo, mas uma coisa é você desejar e trabalhar neste sentido, e outra coisa é analisar a realidade. Assim, por ora, entre Lula e Bolsonaro, acredito que o Lula seja melhor”, afirmou em entrevista ao jornal Correio Braziliense, publicada nesta segunda-feira, 23.

FHC diz que compreende o “frenesi” todas as vezes que sinaliza positivamente em favor do ex-adversário político, que lidera as intenções de votos na corrida presidencial de 2022.

“Eu conheço o Lula há muitos anos. A primeira vez que eu fui à casa dele, ainda era líder sindical em São Bernardo. Naquela época, era uma pessoa realmente pobre. Eu o acompanhei a minha vida inteira, quer dizer, no sentido político, no percurso do Lula, e fizeram disso um cavalo de batalha. Eu falo com o Lula como falo com qualquer outro presidente. Se o Bolsonaro me chamar para conversar, eu vou dizer que não? Eu converso também”, disse.

Para o ex-presidente, que é contra a atual polarização, “Bolsonaro não acalma os ânimos, polariza”, mas também disse ser contra o impeachment, que avalia como um processo traumático que não contribui para a democracia de um país. “É preferível que ele [Bolsonaro] fique na presidência e perca no voto”, defendeu.

As informações são do A tarde

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.