Desempenho de Denice é melhor do que de Alice, mas pior que Pelegrino

                                                                                         Foto: Ascom

 

Na sua primeira campanha eleitoral, a Major Denice Santiago (PT) já tem um desempenho melhor do que o da deputada federal Alice Portugal (PCdoB) em 2016 quando disputou a prefeitura de Salvador, mas a performance da petista é pior quando se compara com Nelson Pelegrino (PT) na briga eleitoral de 2012, conforme os dados do Ibope desconsiderando a margem de erro. Há oito anos, Pelegrino empurrou a corrida eleitoral para o segundo turno, mas acabou derrotado por ACM Neto (DEM).

De acordo com o Ibope, que foi revelado na última sexta-feira, Denice tem 13% das intenções de votos. O líder do levantamento é Bruno Reis (DEM), com 61%. Esta pesquisa foi divulgada a 16 dias da eleição, que acontecerá no dia 15 de novembro. A 13 dias do pleito de 2016, Alice Portugal tinha 12% das intenções de votos. Já ACM Neto, que buscava a reeleição, registrava 69%.

Já, no pleito de 2012, Pelegrino despontava com 34% das intenções de votos a 10 dias da eleição. ACM Neto tinha 31%. A 24 dias daquela eleição, o hoje deputado federal licenciado do PT somava 27%. Em uma reportagem do portal BR Político, do jornal Estado de S. Paulo, um integrante da campanha petista afirmou, em conversa reservada, que “bateremos 20%, resta saber se o resto vai fazer a sua parte para ter segundo turno”.

A candidata petista tem feito questão de minimizar o resultado da pesquisa que aponta vitória do adversário. “Pesquisa mostra tendência. E a tendência está mostrando claramente que estamos crescendo e vamos ganhar essa eleição. A pesquisa Ibope não revela a realidade do que estamos vendo na rua”, declarou Denice. Presidente municipal do PT, Ademário Costa tem adotado a tática de pôr em descrédito o levantamento. “Não vamos dar ibope ao Ibope porque eles têm um histórico de levantamentos estatísticos tendenciosos. Foi assim que tentaram fazer nas eleições com Wagner e Rui e nós ganhamos com grande vantagem no primeiro turno”, afirmou.

Dificuldades

A pesquisa Ibope mostra que a Major Denice tem dificuldades em crescer entre os eleitores brancos e os mais carentes. Do primeiro levantamento (divulgado no dia 5 de outubro) para o segundo (30 de outubro), a petista cresceu 5% para 9% nas intenções de votos entre o eleitorado branco. Já, entre os eleitores pardos/negros, saltou de 6% para 13%.

Do mesmo campo político, Olívia Santana (PCdoB) cresceu 3% para 12% entre os eleitores brancos. Entre os eleitores pardos/negros, a comunista manteve 7%. A consulta também mostra que Denice tem desempenho melhor entre os com maiores poderes aquisitivos.

Na última pesquisa divulgada na sexta, a Major chegou a pontuar 20% entre os eleitores com mais de 2 a 5 salários-mínimos, isto é, entre R$ 2 mil e R$ 5 mil. Entre os eleitores com 1 ou 1-2 salários-mínimos, a petista tem 13% e 11%, respectivamente. Em nível de escolaridade, Denice tem desempenho melhor entre os de ensino médio. As informações são do jornal Tribuna da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.