ACM Neto intensifica campanha no interior de olho na eleição de 2022

                                                                                     Foto: Reprodução

 

De olho na eleição de 2022, quando deve disputar o governo da Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem intensificado a participação nas campanhas no interior do estado. Crescer o número de prefeitos do grupo político é uma das estratégias para fortalecer a provável candidatura do democrata ao Palácio de Ondina daqui a dois anos, quando acontecerá a sucessão do governador Rui Costa (PT). Durante o feriadão do Dia dos Finados, o gestor soteropolitano visitou as cidades de Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus, Candeias, Ilhéus, Serrinha e Dias D’Ávila.

Nas cidades, ACM Neto tem participado, principalmente, de carreatas, mas também de eventos, como o lançamento do programa de governo do postulante a prefeito de Santo Antonio de Jesus. Antes do feriadão, o prefeito soteropolitano já tinha ido a Alagoinhas e Lauro de Freitas, onde participou de carreatas dos candidatos do DEM. Além de visitar os municípios interioranos, o democrata tem gravado vídeos de apoio para os aliados divulgarem nas redes sociais.

Líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Sandro Régis (DEM), rasga elogios para o prefeito soteropolitano. “Ele está muito forte, não tem pesquisa que nós fomos fazer no interior em que Neto não esteja na frente. Em qualquer pesquisa no interior, ele está disparado para governador. Um indicativo para 2022”, declarou.

ACM Neto já admite publicamente o interesse em postular o Executivo estadual. Em entrevista recente à Tribuna, falou sobre este desejo e disse que vai “montar uma equipe técnica de profissionais da Bahia e fora da Bahia para estudar o estado, para estudar o presente e pensar alternativas para o futuro”.

“O mais provável é uma disputa para o governo do Estado. Mas muita água ainda vai correr por debaixo da ponte. Não sou de colocar o carro na frente dos bois. O que posso garantir é que, nos próximos dois anos, eu vou trabalhar muito. Não me vejo acordar uma segunda-feira sem agenda. Não me vejo não trabalhando pelo menos 12 horas por dia. Isso é da minha vida, da minha natureza. Vou trabalhar muito. Vou ter um escritório político que será na sede do Democratas na Bahia. Já estamos definindo essa estrutura. Vou fazer a organização do partido na Bahia ao lado do presidente do partido, Paulo Azi. Vou dialogar com outros partidos da minha base. Vou dedicar um bom tempo para atualizar o meu conhecimento sobre o interior. Sempre tive uma relação muito forte com o interior, mas há oito anos estou mergulhado em Salvador”, acrescentou.

Na eleição de 2018, havia a expectativa de que Neto renunciasse ao cargo de prefeito de Salvador para ser candidato ao governo da Bahia, mas o democrata acabou recuando e decidiu não entrar na disputa eleitoral naquele ano. Para ele, foi a decisão mais acertada que tomou nos últimos anos. “A decisão de ter concluído o meu mandato, de não ter renunciado em 2018, de não ter deixado a prefeitura para ser candidato a governador. Essa foi a decisão mais certa que tomei nos oito anos da minha gestão tanto do ponto de vista político quanto do ponto de vista administrativo”, afirmou. As informações são do jornal Tribuna da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.