Taxa de ocupação de leitos sobe para 75% e pode alterar início da fase 2

                                                                                     Foto: Reprodução

 

O percentual de ocupação dos leitos da UTI adulta em Salvador voltou ao patamar de 75%, número que não era atingido desde o dia 20 de julho. Segundo os dados divulgados neste domingo, 2, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), esta é a terceira alta consecutiva. O número pode alterar o cronograma de implantação da segunda fase de reabertura da economia na capital.

Ainda conforme dados da SMS, o índice é abaixo do 70% que foi determinado pelo plano de retomada das atividades, elaborado em conjunto pela Prefeitura e Governo do Estado. Nesta segunda fase seriam reabertas academias de ginástica, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes

Entretanto, para que entre em vigor, é preciso que a taxa de ocupação dos leitos de UTI se mantenha abaixo de 70% por cinco dias. No último domingo, 2, a capital baiana já registrava 56.812 casos confirmados da Covid-19, em todo o estado, 170.476 mil pessoas contaminadas desde o início da pandemia.

Na terceira fase, quando somente 60% dos leitos de terapia intensiva estiverem ocupados, estarão contemplados parques de diversões, teatros, cinemas, clubes sociais e esportivos, além de centros de convenções. O funcionamento de escolas e a permissão de partidas de futebol profissional dependem de avaliação individual. As informações são do jornal A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.