Putin decide invadir a Ucrânia

putin

De acordo com a rede pública americana PBS News, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, decidiu invadir a Ucrânia e já comunicou sua decisão às Forças Armadas russas. O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, alertou nesta sexta-feira (11) sobre a possibilidade de a invasão acontecer “a qualquer momento”.

Blinken diz possuir informações de que Putin poderá invadir a Ucrânia durante os Jogos Olímpicos de Inverno que acontecem na China.

A ressalva do secretário de Estado dos EUA tem dois motivos. O primeiro seria diminuir os rumores de que a Rússia iria esperar que o evento esportivo mundial termine para não ofuscar seu aliado político, que é a China; e o segundo é fortalecer a iminência do ataque, visto que as Olímpiadas se encerram no dia 20 fevereiro.

A agência de notícias Reuters informou que os Estados Unidos estão retirando os membros da sua embaixada na Ucrânia e pediu que os cidadãos norte-americanos também saiam do país o mais rápido possível. O Reino Unido também emitiu alertas para que cidadãos britânicos deixem a Ucrânia.

“Simplificando, continuamos a ver sinais muito preocupantes da escalada russa, incluindo novas forças chegando à fronteira [com a Ucrânia]. Estamos em uma janela em que uma invasão pode começar a qualquer momento e, para ser claro, isso inclui durante as Olimpíadas”, disse Antony Blinken, segundo a Reuters.

As imagens de satélite da região que faz fronteira entre a Rússia e o leste da Ucrânia mostram a concentração de mais de 100 mil soldados. Em discurso, o presidente dos EUA, Joe Biden, alertou “não é como se estívessemos lidando com uma organização terrorista. Estamos lidando com um dos maiores exércitos do mundo”, afirmou à NBC News.

Com informações de Monique Lima /Suno Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.