Deputados querem interrogar Rui Costa sobre compra de respiradores não entregues

Foto: Divulgação

 

 

Os deputados estaduais de Alagoas, Cabo Bebeto (sem partido) e Davi Maia (DEM), apresentaram um requerimento para que a Assembleia Legislativa convoque a diretoria do Consórcio Nordeste para explicar acerca sobre as compras coletivas de respiradores que não foram entregues.

Uma destas aquisições, inclusive, motivou uma operação policial que prendeu três executivos, no episódio conhecimento como ‘golpe dos respiradores’. De acordo com o site Gazeta Web, o pedido foi feito à Mesa Diretora do Poder Legislativo pelos dois parlamentares para ouvir o governador da Bahia, Rui Costa (PT), que preside o colegiado, e o secretário executivo da instituição, Carlos Gabas.

Os dois diretores têm sido alvo de críticas por parlamentares do bloco de oposição ao Executivo por estarem à frente dos negócios, em nome dos estados nordestinos, durante a pandemia. Um grupo de deputados do Nordeste já se uniu, inclusive, para criar a Comissão Parlamentar Interestadual, com a proposta de investigar a atuação do Consórcio. Paralelo a isto, o ‘golpe dos respiradores’ está sendo apurado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), privativo de julgar ações contra governadores.

O presidente da Mesa Diretora da Assembleia, deputado Marcelo Victor (SD), explicou que o pedido feito pelos deputados alagoanos é inédito e, na dúvida se o regimento permite este tipo de convocação, preferiu encaminhar à apreciação dos parlamentares da Comissão de Constituição e Justiça.

“Decidi despachar à CCJR para que os deputados que formam aquela comissão se debrucem sobre a juridicidade do requerimento”, esclareceu o gestor do Poder Legislativo. Apesar da explicação, o deputado Davi Maia disse estranhar a medida tomada pela Casa, classificando a atitude, inclusive, como preciosismo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.