Decreto sobre privatização de postos de saúde do SUS é revogado por Bolsonaro

                                                                                    Foto: Marcello Casal

 

O presidente Jair Bolsonaro revogou ontem (28) o decreto que autorizava o Ministério da Economia a realizar estudos sobre a inclusão das Unidades Básicas de Saúde (UBS) dentro do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI).

A revogação foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União, após a repercussão negativa da decisão entre especialistas e representantes da sociedade civil. Antes da publicação, Bolsonaro chegou a anunciar nas redes sociais a decisão de revogar o texto.

O presidente não descarta a possibilidade de reeditar o decreto. “A simples leitura do Decreto em momento algum sinalizava para a privatização do SUS. Em havendo entendimento futuro dos benefícios propostos pelo Decreto o mesmo poderá ser reeditado”, escreveu, nas redes sociais. As informações são da Agência Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.