Debates sobre clima e meio ambiente marcam o retorno da Tribuna Popular

Foto: Valdemiro Lopes

 

 

 

A retomada da Tribuna Popular marcou a sessão ordinária desta segunda-feira (13) da Câmara Municipal de Salvador. De acordo com o Regimento Interno da Casa, a Tribuna Popular ocorre nas sessões ordinárias, às segundas-feiras.

A interrupção ocorreu devido à pandemia da Covid-19. O retorno ocorreu com um pronunciamento sobre a questão ambiental proferido por Maria Alice Martins de Ulhôa Cintra, representante da Convergência pelo Clima, um movimento formado por diversas instituições.

Maria Alice Martins foi convidada à Tribuna Popular pela vereadora Maria Marighella (PT). “Fomos eleitos para ouvir a população”, frisou a parlamentar.

O presidente da Casa, Geraldo Júnior (MDB), afirmou que “o retorno da Tribuna Popular é o atendimento a um pedido de diversos parlamentares desta Casa, inclusive cito a vereadora Laina. O Legislativo Municipal tem como seu compromisso ouvir a sociedade”.

Maria Alice Martins alertou para a necessidade de desaceleração da crise climática, inclusive como condicionante para a perpetuação da espécie humana. E frisou que a Convergência Pelo Clima tem propostas de ações para os Poderes Executivo e Legislativo. “O Pacto Pelo Clima é um documento que engloba itens como governança, uso e ocupação do solo e agricultura urbana, dentre outros”, frisou.

Ela também elencou a necessidade de discussões ambientais sobre temas como a Ponte Salvador-Itaparica; “o desmatamento zero” e a proposta de integração dos parques ambientais da cidade, denominada “Parques em Conexão”.

Em discurso, o vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB) parabenizou a palestrante. E afirmou que a Ouvidoria Geral da Casa tem participado das discussões acerca do clima e do meio ambiente. E frisou que a cidade enfrenta “problemas no saneamento básico”.

E o vereador Leandro Guerrilha (PL) apresentou uma proposta de criação de um parque ecológico no Saboeiro, no bairro do Cabula. “O local tem grandes árvores e espaço. Esse parque é importante para o meio ambiente, turismo e também para a segurança da região”, frisou.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.