Contaminação pela Covid-19 é natural após reabertura, diz secretário

                                                                              Foto: Divulgação/Sedur

 

Para o gestor da secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador (Sedur), Sérgio Guanabara, é natural que a contaminação pela Covid-19 aconteça neste momento de retomada, porém essa contaminação precisa ser minimizada o máximo possível. As declarações do secretário foram ao programa ‘Isso é Bahia’, da rádio A TARDE FM, na manhã desta sexta-feira, 14.

Nesta quinta-feira, 13, a Prefeitura flexibilizou os protocolos de funcionamento de diversas atividades. Entre as principais mudanças estão a não limitação de dias e horários para a realização dos cultos religiosos, e a liberação de piscinas em academias. Segundo Sérgio, as medidas foram adotadas após parecer favorável da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Guanabara alertou para a capacidade do sistema de saúde, por isso pediu que a população respeite as normas determinadas pelo poder público. Ele explicou que os impactos das medidas de flexibilização estão sendo observadas de perto e a manutenção e expansão da reabertura depende do comportamento dos soteropolitanos.

“O que a gente percebe é que a população está se expondo mais ao risco, mas o importante é que não abra mão da máscara e da higienizarão das mãos, não levar as mãos aos olhos. Isso é fundamental, agora é uma rotina diária”, salientou.

O secretário aproveitou também para elogiar a medida da prefeitura que permitiu bares e restaurantes a ocuparem as calçadas. “Ela foi autorizada justamente para potencializar esse reinicio de atividades, é um caminho sem volta.”, contou.

Para o secretário, o hospital municipal, inaugurado em 2018, tem sido fundamental para o apoio a rede de saúde da cidade no enfrentamento da Covid-19. “O que seria da nossa cidade se não tivéssemos um hospital municipal? Um serviço público de saúde, isso é um diferencial. Talvez não teríamos condições de estar reabrindo”, finalizou. As informações são do jornal A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.