Baixa procura faz Campanha de Vacinação ser prorrogada

                                                                                    Foto: Romildo de Jesus

 

Para os baianos que ainda não se imunizaram contra o vírus H1N1, H3N2 e Influenza B, ganharam mais uma oportunidade. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), mais de 1.500.000 de pessoas dos grupos elegíveis ainda não estão imunizadas. Dessa forma, a Campanha de Vacinação, que terminaria ontem (30), foi prorrogada até o dia 24 de julho, em todo o estado.

Segundo explica Vânia Rebouças, coordenadora estadual de imunizações, “considerando que ainda estamos com baixas coberturas vacinais em diversos grupos elegíveis, tais como: crianças (56%), gestantes (63%), puérperas (74%) e adultos de 55 a 59 anos (53%), prorrogamos, pela terceira vez, a campanha de vacinação contra a gripe”.

“Com a vacinação, a gente evita adoecer, evita precisar do sistema de saúde e tem esse enfrentamento de forma mais calma”, afirmou a subcoordenadora de imunização de Salvador, Doiane Lemos, em entrevista ao Jornal da Manhã desta terça-feira.

Doiane Lemos ressaltou, que os interessados devem procurar uma unidade de saúde de seu município, de acordo com as datas de prioridades. “Fazem parte dos grupos prioritários, com vacinação exclusiva até o dia 10, idosos, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, portuários, motoristas e cobradores do transporte público, bem como as gestantes e puérperas (mães no pós-parto até 45 dias)”.

A subcoordenadora disse, ainda que a partir do dia 13, a vacina estará disponível para trabalhadores dos Correios, da imprensa, limpeza urbana, supermercados, farmácias e restaurantes que estão em sistema de delivery. As informações são do jornal Tribuna da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.