Temer gargalha com imitação de Bolsonaro falando em ‘roubar as perucas do Fux’

                                                                                        Foto: Reprodução                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 

 

 

O ex-presidente Michel Temer (MDB-SP) foi às gargalhadas com uma imitação feita por André Marinho, comunicador e comentarista da rádio Jovem Pan, em que ele satiriza Jair Bolsonaro (sem partido) em um jantar realizado na noite de segunda-feira (13).

O encontro foi na casa de Naji Nahas, amigo de Temer, em São Paulo. O empresário organizou um jantar para homenagear o ex-presidente.

Diversos empresários e jornalistas estavam presentes, além do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD).

“No tocante ao presidente, eu tenho que agradecer você [Temer] demais, porque tu salvou o careca aqui de levar uma hemorroida, porra”, diz André Marinho imitando a voz de Bolsonaro. “E essa cartinha que eu recebi tua, achei ela meio infantil, meio marica. Tô achando que foi o Michelzinho [filho de 12 anos do presidente] que mandou pra mim”, segue ele.

Na semana passada, Temer foi a Brasília conversar com Bolsonaro. Depois do encontro, o presidente recuou de declarações golpistas em manifestações do dia 7 de setembro e divulgou uma carta elogiando o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. No protesto, Bolsonaro tinha chamado Moraes de “canalha”.

“Cadê a parte que eu combinei contigo de queimar o STF? Cadê a parte que eu combinei de roubar as perucas do [presidente do STF, Luís] Fux? Cadê a parte que eu combinei de montar um pau de arara na Praça dos Três Poderes e ‘dá’ de chibata no lombo do Alexandre de Moraes?”, seguiu André Marinho em sua imitação do presidente.

O comunicador é filho do empresário Paulo Marinho, que é também suplente de senador de Flávio Bolsonaro. Suas imitações de Bolsonaro se tornaram clássicas ainda na campanha eleitoral de 2018. Depois das eleições, a família rompeu com Bolsonaro.

Com informações de Mônica Bergamo/Folhapress

 

 

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *