Maia critica ‘equívoco’ e Alcolumbre cobra liderança ‘séria’ após pronunciamento de Bolsonaro

                                                                          Foto: José Cruz/Agência Brasil

 

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse, em nota divulgada ontem (24), que o pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, foi grave e pediu uma liderança “séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população”.

Já o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) chamou de “equivocado” o pronunciamento e declarou que o presidente distribuiu ataques à imprensa e autoridades.

“Desde o início desta crise venho pedindo sensatez, equilíbrio e união. O pronunciamento do presidente foi equivocado ao atacar a imprensa, os governadores e especialistas em saúde pública”, escreveu o presidente da Câmara em uma rede social.

Maia falou sobre o compromisso de que o Congresso Nacional vote ações para conter a pandemia, para ajudar empresários e trabalhadores na crise econômica. “Precisamos de paz para vencer este desafio”, disse. Ele também defendeu que, em respeito a idosos e pessoas em grupo de risco, os brasileiros devem seguir determinações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O pronunciamento de Bolsonaro também provocou reações de governadores e deputados da oposição, que pedem a saída do presidente do cargo. As informações são do Metro1.

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *