Leo Prates é autorizado a deixar o DEM e deve encaminhar filiação ao PDT

                                                                                  Foto: Reprodução

 

O deputado estadual licenciado Leo Prates, atual secretário de Saúde de Salvador, foi autorizado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) a deixar o Democratas. O pedido de desfiliação por justa causa foi aprovado por unanimidade pelos juízes que compõem a Corte eleitoral baiana em sessão realizada nesta terça-feira, 21.

Com o passe livre obtido, Prates deve encaminhar os trâmites para sua filiação ao PDT. Nos próximos dias, o secretário avançará nas conversas com o presidente nacional do partido, o ex-ministro Carlos Lupi.

O objetivo do deputado licenciado é viabilizar sua pré-candidatura para prefeito de Salvador e atrair o PDT para o grupo de apoio ao prefeito ACM Neto (DEM). Atualmente, a legenda integra a base aliada do governador Rui Costa (PT).

A expectativa é que Prates realize o ato de lançamento da pré-candidatura entre o fim deste mês de janeiro e o início de fevereiro. As informações são do jornal A Tarde.

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *