Felipe Lucas propõe reduzir taxas cobradas aos trabalhadores informais

Foto: Divulgação

 

 

Impedidos de exercer suas atividades desde o início da pandemia, os trabalhadores informais já representam um dos segmentos mais afetados neste período de combate à Covid-19. Diante da situação e com base em previsões econômicas negativas, o vereador Felipe Lucas (DEM) apresentou projeto de indicação ao prefeito ACM Neto para que o Município faça a revisão e redução dos preços públicos cobrados aos permissionários do mercado informal de Salvador.

A proposta é fazer uma adequação da arrecadação municipal à realidade social da cidade. O vereador destaca que a economia brasileira tem previsão de recessão este ano e recuperação lenta no pós-pandemia. “Passamos por um retrocesso econômico grave, que torna os preços aplicados incompatíveis com a renda desses trabalhadores, o que deve permanecer por um longo período”, aponta.

Felipe Lucas acrescenta ainda que a medida ajuda o Poder Público a estimular a adimplência dos permissionários do mercado informal. “Mesmo com a flexibilização, esses trabalhadores ainda não retomaram 100% as suas atividades e esse aspecto vai pesar para a quitação das taxas. Portanto, uma ação como essa que propomos se faz necessária para evitar uma inadimplência ainda maior, diante da crise que o comércio popular da nossa capital amarga nesta pandemia”, frisou o vereador.

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *