Em apresentação, Messi diz querer conquistar título inédito para o PSG

Foto: Reprodução/Twitter

 

 

Apresentado nesta quarta-feira, 11, em Paris, o craque argentino Lionel Messi descartou qualquer possibilidade de pegar mais leve nos anos finais de sua carreira. Ele estabeleceu como meta levar o PSG à conquista do inédito título da Liga dos Campeões, após o clube ter batido na trave nos dois anos anteriores.

“É por isso que estou aqui (para conquistar troféus). Este é um clube ambicioso”, disse Messi, que usará a camisa 30, seu primeiro número ao estrear no futebol profissional no Barcelona em 2006, durante coletiva de imprensa.

“Dá para ver que eles estão prontos para lutar por tudo”, afirmou. “Meu sonho é conquistar outra Liga dos Campeões, e acho que este é o lugar ideal para estar para fazer isso”.

Mesmo com toda a empolgação em cima de seu nome, ainda não se sabe ao certo quando Messi poderá fazer sua estreia pelo clube parisiense. Ele estava de férias do Barcelona desde o fim da temporada passada e a última vez que esteve em campo foi pela seleção argentina, pela final da Copa América, no início de julho.

“Estou voltando da folga. Preciso de um pouco de pré-temporada e de ritmo. Espero que a estreia seja logo, mas não posso dar uma data a vocês. Depende da comissão técnica”, explicou o craque argentino.

O desembarque em Paris se deu após uma longa novela envolvendo a tentativa de extensão de vínculo entre Messi e Barcelona, que teve início em meados do ano passado. O atacante de 34 anos havia concordado em ficar na Espanha depois que seu contrato vencesse, no final de junho deste ano, entretanto, o clube admitiu posteriormente que não podia bancá-lo, devido às regras financeiras impostas pela principal liga do país.

Ele assinou um contrato de dois anos com o PSG, mas com a opção de uma terceira temporada. Em seu novo clube, Messi se juntará a Neymar, amigo pessoal e ex-colega de Barcelona, além de grandes astros como Mbappé, Di Maria, Sérgio Ramos, Marquinhos e Verrati, entre outros.

Durante sua coletiva, o craque argentino comentou a expectativa em formar trio de ataque com Neymar e Mbappé. “Poder jogar com gente da categoria de Neymar e Mbappé é insano. Eles (o PSG) fizeram muitas contratações boas, estou muito feliz e não vejo a hora de começar”, acrescentou.

Maior clube da França, o PSG acumula a grande maioria dos títulos domésticos desde a chegada do investimento de seus proprietários multimilionários, Qatar Sports Investment, em 2011. No entanto, nunca conquistou a Liga dos Campeões, tendo batido na trave nas duas edições anteriores. Enquanto isso, Lionel Messi venceu a competição quatro vezes pelo Barcelona, a mais recente delas em 2015.

As informações são do A tarde

 

 

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *