Apoio de evangélicos a Bolsonaro diminui e reprovação ao governo supera aprovação

                                                                                       Foto: Reprodução                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

 

 

Os recortes da pesquisa Datafolha expõem o derretimento do apoio ao presidente Jair Bolsonaro inclusive entre grupos que, tradicionalmente, integram a base mais sólida.

Entre os evangélicos, segmento que conta com acenos frequentes do chefe do Executivo, 29% avaliam o desempenho dele como ótimo ou bom — a aprovação chegou a ser de 40% em janeiro, o que representa uma queda de 11 pontos percentuais no período. A informação é do jornal “O Globo”. Hoje, entre aqueles que se declaram evangélicos, há mais reprovação — 41% fazem esta avaliação — do que endosso, segundo o levantamento.

A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro subiu de 51% a 53% entre julho e setembro, segundo pesquisa Datafolha publicada nesta quinta-feira, 16. Embora esteja dentro da margem de erro de dois pontos porcentuais, o número, em tendência de alta desde dezembro do ano passado, de acordo com o instituto, representa o maior porcentual absoluto de avaliação negativa do presidente desde o início do mandato.

Com informações de O Globo e Isto é Dinheiro

 

 

Faça seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *